Prefeito de Lavras tem mandato cassado em primeira instância por abuso de poder econômico

Com pouco mais de três meses de mandato à frente da prefeitura de Lavras, o prefeito Marcos Cherem (PSD) e o vice, José Aristides da Silva , tiveram os mandatos cassados pela Justiça Eleitoral nesta terça-feira (09), por abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral.

Além disso, a decisão em primeira instância, assinada pelo juiz Rodrigo Melo Oliveira, torna ambos inelegíveis por oito anos.

De acordo com a Justiça, Marcos Cherem cometeu abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação durante o processo eleitoral do ano passado.

De acordo com a sentença, Marcos Cherem tem um prazo de três dias para apresentar recurso. Neste período, ele pode continuar no cargo. Segundo Cherem, ele ainda não foi notificado pela Justiça, mas disse vai recorrer da decisão.

Marcos Cherem já foi vereador em Lavras na legislatura passada e está no primeiro mandato de prefeito.

Oposição comemora decisão da Justiça

A ex-prefeita Jussara Menicucci (PSDB), usou seu perfil nas redes sociais para comemorar a decisão judicial contra o atual Prefeito Marcos Cherem.


Em seu perfil no Facebook, Jussara escreveu: "E gratificante ver a justiça triunfar! Foram anos de humilhações a mim e a minha família! O Bem mais uma vez triunfou sobre o mal!!!! Que Deus continue abençoando nossa cidade, bendita terra dos ipês e das escolas!!!"

09/04/13
Postagem Anterior Próxima Postagem