;

Header Ads

Dupla é presa em flagrante por cultivar maconha em sítio de Lavras

Dupla é presa em flagrante por cultivar maconha em sítio de Lavras

Uma investigação da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) acerca de cultivo de maconha em Lavras, resultou em mais duas prisões em flagrante, nesta quinta-feira (11). Os homens, de 32 e 33 anos, são suspeitos de plantar e manufaturar a droga em um sítio, para produção artesanal de óleo supostamente extraído da cannabis.

Na propriedade rural em que foi cumprido mandado de busca e apreensão, os policiais encontraram uma estufa em funcionamento, mudas de diversos tamanhos, sementes, fertilizantes, alguns frascos de óleo de CDP (canabidiol) e seringas com substância oleosa escura, além de um tablete de maconha.

As apurações indicam que os suspeitos teriam alugado o sítio com o objetivo de cultivar a maconha, bem como fabricar ilegalmente o óleo, sem autorização e registros necessários para produção de farmacêuticos. Durante a ação policial foi constatado que diferentes cômodos do imóvel estavam sendo utilizados para essa finalidade.

 No dia 27 de março deste ano, um homem, de 34, também foi preso por cultivo de maconha em uma casa no Centro da cidade. Os levantamentos da PCMG apontam que o grupo atuava em todo o território nacional, enviando o óleo para pessoas que usavam tanto para recreação como para tratamentos alternativos, sem eficácia comprovada.

Os investigados foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e encaminhados ao Sistema Prisional.                                                 

Nenhum comentário