;

Header Ads

Governo estadual avalia área para nova penitenciária em Lavras

Governo estadual avalia área para nova penitenciária em Lavras
Foto:Dirceu Aurélio / Sejusp

Uma nova unidade prisional com capacidade para custodiar 600 presos será construída no município de Lavras. Equipe técnica da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e o secretário da pasta, general Mario Araujo, estiveram no local nessa terça-feira (24) para conhecer e avaliar o terreno onde será construída a penitenciária.  

A construção faz parte de um acordo firmado entre o Governo de Minas, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) e a mineradora Vale, que ficará responsável pela execução das obras. Com o parecer positivo da equipe técnica da Sejusp e a aprovação do terreno e projeto pela Vale, as obras já estão autorizadas a começar. A previsão é que a Penitenciária de Lavras seja inaugurada até o final de 2022.


Referência


De acordo com o subsecretário de Gestão Administrativa, Logística e Tecnologia da Sejusp, Wilson Gomes, o projeto, inédito no sistema prisional mineiro, prevê que a nova unidade seja referência em tecnologia e automação, garantindo mais segurança e menor demanda de policiais penais. “A ideia é que a penitenciária seja modelo de modernidade, humanização e segurança. Isso está previsto desde o projeto arquitetônico, com o uso da tecnologia embarcada com portas e controle de acesso automatizados, salas de videomonitoramento e equipamentos de última geração”, detalha. 

Para o general Mario Araujo, a associação de recursos tecnológicos de última geração ao trabalho cada vez mais humanizado é essencial para uma ressocialização eficaz.


 “Estamos felizes em estar aqui vendo ser concretizado o acordo da empresa Vale com o Estado. Vamos poder ver o início das obras e em breve esta nova unidade será modelo de modernidade, humanização e segurança para custodiados e servidores”, ressaltou Araujo.


Durante a visita, a juíza da 2ª Vara Criminal, de Execuções Penais e de Cartas Precatórias Cíveis de Lavras, Zilda Maria Youssef Murad, afirmou que a construção desta unidade é a concretização de um desejo antigo da população de Lavras. “Essa é uma demanda extremamente necessária. Com a nova unidade presos que estão fora poderão voltar para cumprir pena próximos de suas famílias, e todos em melhores condições”.

Além da comitiva da Sejusp, participaram da visita técnica representantes do Tribunal de Justiça, do Ministério Público, da Defensoria Pública, das Polícias Militar e Civil, do Corpo de Bombeiros Militar e também a prefeita eleita do município, Jussara Manicucci.


Relembre o caso 


Conforme O Lavrense havia divulgado, no dia 22 de agosto de 2019, após protestos populares e políticos, o governo de Minas desistiu de construir um novo presídio no município de Pará de Minas, na região metropolitana de BH. Naquela ocasião, o deputado Eduardo Barbosa (PSDB) procurou tranquilizar a População de Pará de Minas afirmando que o Secretário de Segurança teria se comprometido a encaminhar para Lavras a nova unidade prisional.

O deputado Inácio Franco (PV), que já foi prefeito de Pará de Minas por duas vezes consecutivas, explica alguns motivos pelos quais não apoia a construção do novo presídio naquela cidade.

Ouça o que diz Inácio Franco:



Nenhum comentário