Homem é preso por pesca ilegal e recebe multa de R$ 8,6 mil

Homem é preso por pesca ilegal e recebe multa de R$ 8,6 mil

A Polícia Militar do Meio Ambiente de Lavras prendeu em flagrante, na madrugada de sábado (15), um homem com mais 100 quilos de peixe da espécie “Dourado”, capturado ilegalmente, na área interditada pela Portaria 093/2004 do IEF, que proíbe a pesca, em qualquer modalidade, desde a ponte rodoferroviária de Ribeirão Vermelho até o Barramento da Usina Hidrelétrica do Funil.

As ações na região estão sendo intensificadas devido a recorrente prática de pesca ilegal. Paralelamente, está sendo realizada campanha informativa para esclarecer tópicos da pesca, sobre as proibições e permissões. A PM MAmb vai continuar realizando, diuturnamente, patrulhamento e operações para saturar o local, coibindo assim, a ação dos infratores da lei.

De acordo com a corporação , as equipes foram lançadas, de forma estratégica, e conseguiram flagrar alguns pescadores praticando o crime, sendo que o suspeito preso estava num bote inflável com o material de pesca e pescado proveniente do local proibido normativamente. Assim, foi dada voz de prisão em flagrante a um homem de 40 Anos, residente em Lavras, sendo ele encaminhado à UPA e, em seguida, para a Delegacia.

Além do Autor, foram também encaminhados à Delegacia os materiais aprendidos: 01 vara de bambu acoplado a molinete sem marca definida, 01 vara de bambu acoplado a molinete marca “daiwn BG30 dourada”, 01 vara de bambu acoplado a molinete “cialala maicoim”, 01 colete camuflado, 01 rádio sem marca, 01 toca ninja.

Administrativamente, foi ainda lavrado o auto de infração ambiental no valor de 1670 UFEMGS, e emolumento de reposição de pesca no valor de 510,5 UFEMGS, assim totalizando em reais: R$ 8.599,89.

Os peixes apreendidos, num total de 102 quilos, da espécie dourado (Salminus brasiliensis), foram avaliados pela vigilância sanitária e considerados próprios para consumo, sendo então destinados para o Instituto de Recuperação Eterna Misericórdia, situada na estrada Ponte Alta, sem número, acesso pelo Bairro Novo Horizonte em Lavras , local que acolhe cerca de 40 pessoas em tratamento, e que necessita de apoio e doações. Os 02 espécimes de peixe Sarapó (Gymnotiformes) foram descartados de forma ambientalmente correta e em local apropriado.

A Polícia Militar de Meio Ambiente reforça a informação que é proibida a pesca no entorno da UHE do Funil, para qual é crime, conforme previsão na Lei 9.605/98 e Lei 11.343/06, e infração ambiental prevista no decreto estadual de número 47.383/18.  

Denúncias de crimes ambientais à Polícia de Meio Ambiente podem ser feitas pelo telefone (35) 3829-2123 ou pelo e-mail: pmambientallavras@gmail.com.

Postar um comentário (0)
Postagem Anterior Próxima Postagem